Cerâmica Drummond - Tijolos e telhas - Capinópolis, MG

Processo de Fabricação

Processo de Fabricacao

Todo o nosso processo de fabricação é inspecionado por técnicos competentes que utilizam equipamentos modernos para garantir a qualidade e o cumprimento das especificações de cada produto.

Preparo da argila

A argila é o principal insumo para a fabricação dos blocos cerâmicos, por isto, deve ter atenção especial. Após um plano de extração visando atender as normas ambientais vigentes, a argila começa a ser retirada da jazida, onde é armazenada por cerca de seis meses antes de ser misturada. Assim que ocorre a mistura, a argila é trazida ao pavilhão de pré-elaboração, onde ela será homogeneizada, visando à posterior padronização do lote.

Extrusão

Neste setor ocorre à conformação da argila em produto cerâmico. A extrusora (ou maromba) possui a parte do misturador da argila, o vácuo onde é retirado o ar, e a parte do canhão onde a argila será empurrada por hélices, até que esta barra confinada de argila seja conformada propriamente através de um contato com uma fôrma (matriz ou boquilha). Assim que a argila recebe a forma de bloco, podem ser adicionados os marcadores para que possam fazer a identificação do produto baseado em norma NBR 15310 antes de receber o corte no tamanho correto. A Cerâmica Drummond mantêm também o padrão de identificação de resistência nos produtos, uma garantia de segurança para obras em alvenaria estrutural, especialmente se comparado aos blocos de concreto, que não possuem identificação de resistências nos produtos.

Secagem

A secagem dos produtos cerâmicos é uma importante etapa do processo produtivo, na qual o objetivo principal é que seja removida a água pertencente à argila. O processo de secagem dos blocos cerâmicos se estende por cerca de 30 a 36 horas, dependendo do tipo de produto a ser produzido, bem como a largura das paredes e também do peso. Em seu início, possui umidade alta e temperatura baixa. Já na parte final, através do aumento de calor para a secagem, a umidade passa a ser baixa.

Queima

No momento em que os blocos cerâmicos estão secos e armazenados nos vagões do forno, já podem ser queimados. A queima é uma etapa fundamental, na qual o material recebe uma resistência mecânica através da sinterização das partículas. A queima funciona basicamente como uma pirâmide, o material ganha certa temperatura, atinge um patamar de queima e depois é resfriado até sair do forno em temperatura ambiente. É importante destacar que cada argila possui um patamar de queima diferente e que deve ser analisado através de ensaios laboratoriais visando um melhor aproveitamento. Assim que os blocos cerâmicos saem do forno, os mesmos já estão com as devidas resistências mecânicas incorporadas, ou seja, não necessitando de tempo de cura e podendo ser utilizado logo que seja preciso.

Laboratório

O laboratório interno tem como objetivo apresentar resultados mais rápidos e específicos. Os testes e ensaios realizados são baseados na ABNT NBR 15310, norma técnica para os telhas cerâmicas. Os principais ensaios realizados são: Teste de Resistência, Nível de umidade da telha, Verificação de Peso, Verificação da Medida Padrão, Controle de Retilinidade, Verificação de Medidas, Verificação de Medidas e Medição da Galga das Telhas. Todos os lotes produzidos pela CERÂMICA DRUMMOND são ensaiados posteriormente em laboratórios externos, visando uma maior precisão das informações para os clientes.